Dec 23, 2007

Underneath

cinto de ligas Agent Provocateur


O meu primeiro cinto de ligas foi comprado aos 18 anos, numa loja que havia aqui no Porto, onde eu fazia muitas compras e que entretanto fechou, não sei porquê, a Miss Selfridge.
Foi com entusiasmo que vi, numa loja acessível e pela primeira vez, um objecto que se acabaria por transformar numa das minhas peças de vestuário predilectas.
O prazer com que se veste um cinto de ligas vem de dentro.
Aprender a usá-lo é aprender o limite entre o óbvio e o discreto. E esse limite chama-se sensualidade.

2 comments:

finestamp said...

sua pecadora

Luis said...

que lindas palavras para descrever a sensaçao de liberdade de ai vive:)

gostei ..

Luis