Aug 8, 2008

Quem compra nos saldos também é gente :)

(o meu vestidinho de seda Zara, que custou 14€ e antes custava 35€)


(já a pensar no Inverno em pleno Agosto, principalmente ao encontrar botas de criança em pele e com contrafortes que custavam 37€ e agora me custaram 12,50€ , no comércio tradicional)


Os saldos. Altura do ano em que mais compro, mas cada vez menos. Sou adepta da pechincha mas gosto de ser bem tratada, pelo menos com simpatia. De todas as lojas que visitei no centro do Porto, destaco o atendimento da Blanco, na Rua de Santa Catarina. As empregadas são simpáticas, os descontos estão bem organizados e percebemos exactamente o preço daquilo que estamos a comprar. A Zara do Via Catarina e da Rua de Santa Catarina também têm um atendimento bom. Estas três lojas têm uma boa política em relação a trocas de artigos, não dificultam a vida aos clientes até porque sabem que se um artigo está em boas condições, não há porque não o trocar, o cliente aprecia o gesto e voltará com certeza a comprar lá. Já a ovelha negra das lojas chama-se Origem e tem, para além de empregadas antipáticas, uma forma de lidar com as trocas, no mínimo, ridícula. Comprei um vestido e depois mudei de ideias. São coisas que efectivamente acontecem a pessoas que, como eu, não gostam de andar propriamente de igual todos os dias e experimentam diferentes cortes de roupa. Voltei à loja com o vestido ainda com etiqueta, talão e dentro do mesmíssimo saco em que o tinha levado quando o comprei. Disse que não tinha gostado de me ver com o vestido e que gostava de escolher outra peça da loja para eventual troca. "Não pode. Não trocamos artigos em saldo, só pelo mesmo artigo em cor ou tamanho diferente.". "Mas vocês podem fazer isso?". "Sim, podemos.". Estou a informar-me com quem entende destas coisas para saber se é mesmo assim. E, é claro, isto foi acrescido de uma enorme falta de simpatia e até com um trejeito facial próprio de gente pouco profissional. Para mim, trabalhar numa loja ou noutro local qualquer é um trabalho que deve ser levado a sério, e, que eu saiba, os clientes, normalmente, devem ser tratados com alguma empatia (no mínimo).

Já agora, dica: se quiserem trocar seja que artigo for seja em que loja for e não tiverem já o talão de compra, podem e devem exigir uma 2ª via do talão. Não há volta a dar, ninguém pode recusar isto. Aconteceu-me na FNAC, saí de lá a achar uma coisa e, depois de falar com uma pessoa que trabalha no meio, voltei lá e assunto ficou resolvido em alguns minutos. Não deixem que vos façam de parvos, exijam ser tratados como merecem, afinal somos todos nós que lhes damos o lucro.

2 comments:

fina estampa said...

com todo o respeito, vestidinho bonito que te deve ficar a matar!

Nezinha ^^, said...

Tens toda a razão ! :N



Alguns senhores, pensam q podem fazer o q qerem e lhe apetecem...


mas esqueçem q somos nós q damos lucro ! :D